esqueci minha senha / primeiro acesso

notícias

23/07/2014

Subseção de Foz aciona Ministério do Trabalho

Subseção de Foz aciona Ministério do Trabalho

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná iniciou uma nova frente de combate às irregularidades trabalhistas nas empresas de comunicação e órgãos públicos de Foz do Iguaçu. A Subseção Regional acionou o Ministério do Trabalho e Emprego para mediar mesas redondas para cobrar os direitos dos trabalhadores.


A primeira mesa redonda foi com o Hospital Municipal de Foz do Iguaçu, ocorrida na quinta-feira, dia 17. As duas próximas negociações serão com as sucursais iguaçuense da TV Tarobá e da CATVE. Os encontros estão marcados para a quinta-feira, dia 24, no Ministério do Trabalho e Emprego. Pelo menos outras três outras empresas e instituições serão intimadas neste mês.


A ação busca reivindicar direitos como enquadramento de função como jornalista (hoje é comum a contratação irregular com outras profissões); pagamento de piso salarial e jornada de cinco horas, pagamento de hora extra. Também visa combater o acúmulo de função e assédio moral.


Autor:Subseção Foz do Iguaçu Fonte:Sindijor