esqueci minha senha / primeiro acesso

notícias

02/12/2014

Evite a má notícia: eleja a Cipa e previna acidentes

Evite a má notícia: eleja a Cipa e previna acidentes

A prevenção e acidentes de trabalho é uma das ações fundamentais e previstas em lei que devem ser seguidas por organizações, inclusive aquelas que contam com trabalho jornalístico. Uma das iniciativas que devem ser adotadas nesse sentido é a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa). A Norma Regulamentadora 5 do Ministério do Trabalho define que as Cipa’s devem existir em empresas que tenham algum tipo de risco de acidentes, inclusive as que atuam no setor de serviços.


Nas empresas de comunicação a existência da Cipa é obrigatória para aquelas que contam com mais de 20 funcionários, para o caso de impressos, e mais de 50 funcionários, para o caso de televisão e rádio. Em locais que não contam com esta quantidade de funcionários a organização deve designar um responsável pelo cumprimento das atribuições da NR5, incluindo a promoção de treinamentos.


Com o objetivo de evitar acidentes de trabalho no jornalismo, o SindijorPR está em campanha para que as organizações garantam a eleição das Cipa’s. Um mapeamento recente feito pela entidade aponta que das 22 empresas que deveriam ter a comissão formalizada, apenas 8 estão cumprindo a norma.


Quer saber mais sobre a Cipa, clique aqui e confira o FAQ.


Maiores riscos:

· Instalações inadequadas (cabos soltos, corredores apertados, etc.)

· Condições de veículos

· Poluição ambiental (qualidade do ar)

· Exposição a riscos (eventos, manifestações, locais de mata, enchentes, etc.)


Como evitar:

Instalações inadequadas: garantir corredores largos para fluxo de pessoas, manter cabos elétricos escondidos ou fora do tráfego de pessoas, pisos adequados e mesas com quinas curvas, cadeiras com manutenção adequada.


Poluição ambiental: locais com janelas e boa iluminação, manutenção de ar condicionado.


Veículos: manutenção regular (pneus, freios e suspensão), manter velocidade abaixo dos 60km/h, ser prudente, não acumular função, o que desgasta o profissional e aumenta o risco de acidentes, gradio nos carros com equipamento de TV com adaptações adequadas para acondicionamento de equipamentos, usar cinto de segurança.


EPI’s: Capa de chuva e galochas para enchentes e dias de chuva, capacete e colete a prova de balas para coberturas de risco e óculos escuro e protetor solar para dias de sol.

Autor:SindijorPR Fonte:SindijorPR