esqueci minha senha / primeiro acesso

notícias

26/09/2019

Jornalistas da RPC aprovam renovação de acordos

Fotos:SindijorPR


Após semanas de negociação com a empresa, jornalistas da Rede Paranaense de Comunicação (RPC), que participaram da Assembleia Geral do SindijorPR ontem (25), decidiram aprovar a renovação de dois acordos específicos: Extensão da Jornada e Programa de Participação nos Resultados (PPR).





Vigentes desde 2009, os acordos coletivos de trabalho preveem gratificação para aumento da jornada de trabalho e o pagamento do um salário ou mais com PPR anual. Os dois acordos valem para um ano.



Para o PPR de 2019, a empresa solicitou a renovação automática nos mesmos parâmetros do acordo do ano passado. Mas foi na negociação da Extensão da Jornada onde os debates foram mais intensos.



A RPC propôs a retirada da cláusula que garante 218 postos de trabalho mínimos para assinatura do acordo, o que gerou insatisfação dos trabalhadores. No fim, a empresa recuou e manteve apenas as alterações no total de horas para banco e o fim da obrigatoriedade de 48 horas para convocação de compensação de horas.



Os jornalistas avaliaram que, mesmo a RPC modificando o acordo ano após ano, havia a necessidade de renovar a extensão. Desde 2009, os trabalhadores vêm perdendo garantias que antes eram asseguradas por acordos anteriores. Para os próximos anos, os trabalhadores esperam avanços reais nas negociações.



A Assembleia Geral Extraordinária convocada pelo SindijorPR foi realizada simultaneamente em Cascavel, Curitiba, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Paranavaí e Ponta Grossa. As sucursais de Francisco Beltrão e Umuarama também realizaram a atividade.



Com a participação de todas as praças, jornalistas puderam esclarecer dúvidas sobre as propostas. Hoje (26), as praças de Maringá e Londrina, bases do Sindicato dos Jornalistas do Norte do Paraná, realizam assembleia sobre os mesmos acordos.


Sindicalização



Diretores do SindijorPR aproveitaram a Assembleia para convocar os jornalistas da RPC para a luta coletiva e se sindicalizarem. A situação financeira do Sindicato está se agravando, após a reforma trabalhista e os seguidos ataques ao movimento sindical. Com quase 500 jornalistas em dia, os recursos financeiros do SindijorPR cobrem apenas as despesas da estrutura administrativa.



O Sindicato deve lançar em breve uma nova campanha sindicalização, onde diretores terão ação específica em conversas individuais com jornalista, numa força-tarefa de sindicalização em curto prazo. Esse trabalho já é realizado pelo SindijorPR, a ideia é apenas intensificar a mobilização nos próximos meses.

Autor:SindijorPR