esqueci minha senha / primeiro acesso

notícias

07/05/2019

Curitiba recebe Seminário de Comunicação sobre como fazer uma boa cobertura de ajuda humanitária

Curitiba recebe Seminário de Comunicação sobre como fazer uma boa cobertura de ajuda humanitária

“Comunicando Crises Humanitárias - como cobrir conflitos armados, desastres naturais e epidemias” é o tema do seminário de comunicação que será realizado em 18 de maio, das 8h30 às 13h, no auditório do SESC da Esquina, no centro de Curitiba. O evento, promovido pela organização internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF), é voltado para jornalistas e estudantes de Comunicação. As vagas são limitadas e as inscrições poderão ser feitas aqui


O seminário traz informações sobre a comunicação que MSF desenvolve nas principais crises humanitárias onde atua, exibe vídeos de depoimento de jornalistas que cobriram episódios marcantes em campo, e oferece uma oportunidade de bate-papo com profissionais de ajuda humanitária que viveram essas experiências de perto.


No intervalo entre as atividades, os participantes poderão vivenciar algumas das situações que parte dos profissionais de MSF já experimentaram por meio de óculos de realidade virtual. São apresentados quatro contextos comuns nos locais onde MSF leva ajuda humanitária.


O objetivo do evento é compartilhar experiência de campo, entender contextos e conceitos e dar dicas sobre como promover uma cobertura diferenciada mesmo com restrições orçamentárias nos diversos meios de comunicação e plataformas de mídia.


Serviço
Local: Auditório do SESC da Esquina – Rua Visconde do Rio Branco, 969 – Centro – Curitiba/PR.
Horário: de 9h às 13h
Inscrições: até 15 de maio, pelo site msf.org.br/eventos


PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR


8h30 – 9h I Credenciamento

9h – 10h I Comunicando Crises Humanitárias
Palestrante: Equipe de Médicos Sem Fronteiras

10h – 11h I Vídeos com bastidores da reportagem
Exibição de vídeos com depoimentos de jornalistas que estiveram em campo: Patricia Campos Mello relata como foi a cobertura da epidemia de Ebola em Serra Leoa. Sônia Bridi conta os bastidores da reportagem do Fantástico num campo de refugiados em Uganda.

11h – 11h30 I Intervalo
Na pausa das atividades, MSF disponibiliza óculos de realidade virtual aos participantes com quatro contextos onde MSF atua.

11h30 – 12h30 I Talk-show com MSF
Participantes: Francelise Bridi Cavassin, farmacêutica de MSF e Janaína Carmello, enfermeira e obstetriz de MSF, contarão as experiências que tiveram em diversos contextos de crises humanitárias nos projetos da organização. O público poderá fazer perguntas e entrevistas com a convidada.

12h30 – 13h I Sorteio de brindes e encerramento


Regras de inscrição
O evento é voltado para profissionais e estudantes de comunicação, com prioridade para jornalistas e outros profissionais de mídia. Seguindo estes critérios, as 100 vagas serão preenchidas por ordem de inscrição. Os formulários serão recebidos até as 22h de 15 de maio. As confirmações serão encaminhadas no dia 16 de maio.