esqueci minha senha / primeiro acesso

notícias

14/11/2017

Jornalistas aprovaram o debate sobre reforma trabalhista

Jornalistas aprovaram o debate sobre reforma trabalhista
Foto: Julio Cesar Carignano

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná (SindijorPR) e o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Norte do Paraná promoveram, no último sábado (11), na sede do SindijorPR, em Curitiba, um debate com o representante jurídico do SindijorPR e advogado trabalhista Christian Marcello Mañas e com o economista do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) Sandro Silva para esclarecer os jornalistas sobre as mudanças promovidas na CLT, que entraram em vigor também no dia 11. O objetivo dos dois sindicatos era preparar a categoria para os desafios que irá enfrentar daqui para frente.Quem quiser assistir o vídeo do debate na íntegra, basta clicar aqui.


Os jornalistas que compareceram ao evento aprovaram a iniciativa. A jornalista Waleiska Fernandes conta sobre o que achou do debate. “Achei sensacional trazer este assunto para a gente. Também achei que o SindijorPR acertou em cheio ao transmitir a conversa para a Internet, tanto que avisei amigos meus que moram em outras cidades do Brasil para assistir. Os palestrantes trouxeram uma clareza para essa situação, que, infelizmente, não é muito boa. Valeu muito a pena ter vindo até aqui”, afirma.


Aniela Almeida, que já foi presidenta do SindijorPR, também gostou do debate. Ela opina sobre o que a categoria poderia fazer para não ser tão atingida pela reforma. “Acredito que somente com uma conscientização dos colegas de profissão é que poderemos reduzir os estragos feitos pela reforma. Vão tentar precarizar nosso trabalho, ameaçando o que foi conquistado ao longo dos anos com muito esforço. É preciso pregar a união entre os jornalistas”, enfatiza.


O jornalista maringaense Ricardo Andretto aprovou o debate, apesar de admitir que ficou apreensivo quanto ao futuro. “O debate reforçou aquilo que eu já sabia: de que a reforma trabalhista veio para passar um rolo compressor nos nossos direitos. Foi muito importante o SindijorPR e o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Norte do Paraná se posicionarem contra essa reforma, ficando do lado do jornalista. Valeu a pena vir de Maringá até Curitiba para participar deste debate”, conta.


O vice-presidente da subseção de Foz do Iguaçu do SindijorPR, José Roberto Geremias, achou proveitosa e esclarecedora a conversa. “Mais uma vez o SindijorPR está empenhado em ajudar e trazer informações relevantes para a categoria. O debate foi ótimo, deu para tirar muitas dúvidas. Vai ser bom poder compartilhar o que vi aqui com os colegas do interior”, conclui..

Autor:Flávio Augusto Laginski Fonte:SindijorPR