esqueci minha senha / primeiro acesso

notícias

09/05/2017

Pesquisa visa mensurar o assédio moral e sexual enfrentado por jornalistas mulheres na capital

A violência sutil do quotidiano não afeta homens e mulheres da mesma maneira. Com o objetivo de entender e dar luz à temática sobre assédio moral e sexual contra jornalistas mulheres em Curitiba, surge esta pesquisa, composta por 37 perguntas majoritariamente objetivas. O questionário é anônimo e pode ser respondido em menos de 10 minutos, até o dia 2 de junho.


Para participar é preciso ser mulher e trabalhar na redação de algum veículo de comunicação de Curitiba. Ainda que tenhamos plena consciência de que o assédio moral e sexual acontece também contra assessoras de imprensa e autônomas, por questões de abrangência o survey é focado apenas em mulheres jornalistas que trabalham em redações de veículos de comunicação.


A pesquisa pode ser respondida aqui

Autor:Monique Portela