esqueci minha senha / primeiro acesso

notícias

14/02/2020

Jornalistas na Mira: Por que o direito à informação incomoda tanto?

Jornalistas na Mira: Por que o direito à informação incomoda tanto?
Foto: Matheus Rolim
O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná (SindijorPR) integrou nesta quinta-feira (13) as atividades de recepção aos estudantes de Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). A diretora de Interior, Aline Rios, ministrou a palestra ‘Jornalistas na Mira – Por que o direito à informação incomoda tanto’.


A diretora do SindijorPR expôs aos estudantes a conjuntura que envolve o exercício da atividade no país. “Estamos em plena luta pela regulamentação da nossa profissão, buscando a derrubada da Medida Provisória 905/2019, editada pelo governo Bolsonaro, e que extinguiu o nosso registro profissional, além de estarmos sofrendo as consequências de outros ataques como a liberação da terceirização irrestrita e a recente ‘deforma’ trabalhista”, observa.


Rios também destacou a radicalização dos ataques contra profissionais do jornalismo e organizações de mídia. “Atualmente, a América Latina mata mais jornalistas do que o Oriente Médio. No Brasil, de maneira específica, temos uma situação muito preocupante, especialmente quando a maior parte dos ataques contra a profissão parte da pessoa que ocupa o mais alto cargo do país: a presidência da República. Tudo isso contribui para aumentar o perigo para os trabalhadores que se dedicam a assegurar o direito à informação devido à sociedade”, considera.


A coordenadora do curso de Jornalismo da UEPG, Graziela Bianchi, aproveitou a ocasião para enfatizar a parceria mantida com o Sindijor para a promoção de ações voltadas aos futuros profissionais do Jornalismo.
Autor:SindijorPR