esqueci minha senha / primeiro acesso

notícias

27/11/2019

Luta nacional em defesa do Jornalismo ganha apoio da reitoria da faculdade Unisecal

Foto: Helton Costa


A reitoria da faculdade Unisecal declarou apoio à luta nacional em defesa do Jornalismo nesta quarta-feira (27), em Ponta Grossa. A manifestação foi realizada pelas reitora e pró-Reitora da instituição, Isaura de Andrade Aguiar e Rúbia de Andrade Aguiar, durante reunião com a diretora de Interior do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná (SindijorPR), Aline Rios, e com o presidente da Associação Brasileira de Ensino de Jornalismo (Abej), Marcelo Bronosky. 


O encontro teve como tema a Medida Provisória 905/19 que, entre outras coisas, extingue a necessidade de registro para o exercício da profissão de jornalista no Brasil.
Segundo a reitora Isaura, "a UniSecal está preocupada com os reflexos da MP e com a desregulamentação de atividades do saber científico".


O presidente da Abej, Marcelo, ressaltou a importância do apoio das Instituições de Ensino Superior nesse momento, pois, várias universidades estão se unindo em todo o país.
A diretora de Interior do Sindijor destacou que a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) já está buscando agendas em Brasília (DF) para tentar reverter a MP 905/19. "A nossa expectativa é de que isso aconteça no próximo dia 04, quando várias ações serão realizadas no país durante o Dia Nacional em Defesa do Jornalismo", relata.


Audiência

Ainda no dia 4 de dezembro, a partir das 19:30, acontecerá na Câmara de Ponta Grossa a audiência pública "Prejuízos da MP 905: a desregulamentação do Jornalismo e de outras profissões". A iniciativa partiu do vereador Pietro Arnaud (Rede) e será um momento para ampliar as discussões a respeito da medida.

Autor:SindijorPR