esqueci minha senha / primeiro acesso

notícias

29/05/2019

SindijorPR garante piso salarial e jornada de 5 horas aos cinegrafistas da CATVE

SindijorPR garante piso salarial e jornada de 5 horas aos cinegrafistas da CATVE

Os trabalhadores de imagem da CATVE/Fundação Canal 20, de Cascavel, no Oeste do Paraná, terão reconhecido o direito ao enquandramento como repórteres-cinematográficos, conforme previsto no Decreto Lei 972/1969, que regulamenta a profissão de jornalista em todo o país. A conquista é fruto de um acordo entre o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná (SindijorPR) e a empresa.


Desde 2015 tramita na Justiça do Trabalho de Cascavel uma ação coletiva do Sindicato solicitando o enquadramento dos trabalhadores que até então eram registrados como “operadores de câmera”. O objetivo principal da medida é que cinegrafistas da CATVE tenham direitos previstos na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) dos jornalistas, entre eles o piso salarial da categoria e carga horária de 5 horas.


Após várias audiências, decisões favoráveis ao Sindicato e alguns recursos buscados pela empresa em esferas judiciais, a CATVE/Fundação Canal 20 entrou em acordo com o SindijorPR, comprometendo-se a regularizar a situação profissionais dos trabalhadores que, a partir de junho, passarão a ser registrados como repórteres-cinematográficos.


No acordo, firmado em 17 de maio, a CATVE compromete-se a implantar o salário normativo da categoria profissional de jornalistas, bem como todos os benefícios previstos na CCT, inclusive a jornada diária de 5 horas, até o quinto dia do mês de junho.


No mesmo acordo, a empresa compromete-se a pagar os valores retroativos aos trabalhadores que fazem parte da ação coletiva do SindijorPR, referente ao processo que tramita desde 2015 na Justiça. O pagamento será feito de forma parcelada, sendo a primeira parcela foi efetivada nesta segunda-feira, dia 27 de maio. O valor aproximado da ação é de R$ 2,8 milhões.

Autor:Diretoria do SindijorPR