esqueci minha senha / primeiro acesso

notícias

04/10/2018

TVCOM PG e rádio comunitária Princesa FM realizam a cobertura das eleições 2018 em Ponta Grossa


A TV Comunitária de Ponta Grossa (TVCOM PG) em parceria com a Rádio Princesa FM 87,9, também comunitária, e o curso de Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) realizam neste domingo (07) a cobertura das Eleições 2018 pelo Canal 17 da TV a Cabo NET, em Ponta Grossa. Integram o grupo de parceiros nessa atividade a Seção Sindical dos Docentes da UEPG (SINDUEPG), Sindicato dos Metalúrgicos, Associação Avante Fantasma (AFA), além do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná (SindijorPR), entre outros.


O objetivo dessa atividade, segundo o atual presidente da TVCOM, Thiago Moro, é fortalecer os meios de comunicação de caráter comunitário num processo de extrema importância no País. “A intenção é produzir conteúdo com informação de interesse público nesse dia de votação, com cobertura que inclua além dos fatos, análises de especialistas sobre a atual situação e as perspectivas desse pleito”, avalia Thiago.
Cintia Xavier, presidenta da Comissão Provisória do SINDUEPG, considera que a atividade contribui no sentido de fortalecer tanto os meios comunitários e também, quanto espaço de aprendizagem para os alunos. 


“A cobertura das eleições proporciona a vivência de um processo dinâmico que mobiliza o País inteiro, com fatos que acontecem em todos os cantos da cidade e o dia todo. Além disso, é um processo que também pauta uma série de questões que estão em jogo no cenário de disputa política, que podem se manter os mesmos como também podem se desenhar novos arranjos no Executivo e no Legislativo”, avalia Cintia.


De olho no futuro

Para Manoel Moabis, professor do curso de Jornalismo da UEPG, é muito importante a participação do Sindijor nos momentos de formação dos futuros jornalistas. “Trata-se de um olhar para o futuro do jornalismo que acrescenta e muito para os estudantes que já começam a ter contato com a legítima entidade que representa a categoria", considera.

A diretora de Interior do SindijorPR, Aline Rios, ressalta a necessidade de valorizar o trabalho desenvolvido pelos meios de comunicação comunitários. “Estes meios exercem um importante contraponto em relação ao trabalho desenvolvido pela mídia convencional e comercial que, são pautadas por outras lógicas e muitas vezes se abstêm de fazer debates que são caros ao processo democrático. Nesse sentido, o envolvimento dos futuros jornalistas é vital para que o espaço universitário não se restrinja a formar somente profissionais para o mercado e sim, jornalistas cidadãos”, avalia.


Com informações de Luciane Justus, assessora do SINDUEPG.

Autor:Luciane Justus Fonte:Sinduepg