esqueci minha senha / primeiro acesso

notícias

28/06/2018

SindijorPR na luta com os LGBTIs+


O Dia do Orgulho LGBTI+, celebrado nesta quinta-feira, 28 de junho, tem sua origem junto ao movimento pelos direitos das pessoas LGBTI+, na luta pelo respeito próprio e social e o reconhecimento dos direitos civis igualitários.


A diretora de cultura, esporte e lazer do SindijorPR, Annelize Tozetto, ressalta que todas as pessoas devem ser respeitadas por sua orientação sexual. "O mundo é diverso e nossa orientação sexual não é escolha, nem opção, doença ou ideologia". A diretora acrescenta ainda que jornalistas devem tomar cuidado ao escrever textos para não reproduzir preconceitos e esteriótipos. "Existe um Manual de Redação LGBTI+, disponível para download, que mostra aos profissionais e estudantes quais termos devem ser usados".


Outro ponto defendido pela diretora do SindijorPR é na questão do respeito. Para ela, a categoria tem o dever de informar bem o público como forma de reduzir o preconceito contra estas pessoas. "As pessoas precisam respeitar os LGBTI+ pois ser assim não é opção, escolha, doença ou algo contagioso. Elas nascem assim e precisam deste respeito. Nós, enquanto jornalistas, temos um papel fundamental que é informar as pessoas. Para isso é preciso saber os termos corretos, para evitar preconceitos, estereótipos, etc. Isso ajuda muito. O manual de redação LGBTI+ está aí para isso, pois ele mostra o que é orientação, identidade de gênero, entre outros", conclui.


A data de 28 de junho como Dia do Orgulho LGBTI+ é uma referência à resistência em 1969, quando pessoas LGBTI+, junto a uma multidão, se rebelaram contra a polícia em Nova York, e resistiram por três dias e três noites ao cerco policial, que tentava prender homossexuais, travestis e transexuais. O Gay Pride foi criado a partir desse evento.


Com informações do Manual de Comunicação LGBTI+, produzido pela Aliança Nacional LGBTI e pela Rede Pela Igualdade de Direitos GayLatino.


Acesse o Manual neste link: http://www.grupodignidade.org.br/…/manual-comunicacao-LGBTI…

Autor:SindijorPR