esqueci minha senha / primeiro acesso

notícias

21/08/2017

SindijorPR repudia agressão de delegado a jornalistas em Umuarama

SindijorPR repudia agressão de delegado a jornalistas em Umuarama

É uma pena que em pleno ano de 2017 o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná (SindijorPR) tenha que soltar uma nota de repúdio contra a violação da liberdade de imprensa e contra agressão a jornalistas.


Desta vez, o caso aconteceu em Umuarama, noroeste do Paraná. Ontem (20) uma equipe do portal Umuarama News e da TV Caiuá foi agredida em uma festa no Parque de Exposições de Umuarama por um delegado de polícia de Palotina. Segundo a jornalista do portal e uma das profissionais agredidas, Flávia Azevedo, o incidente aconteceu logo após uma briga. “Fomos cobrir esta confusão quando o delegado veio, de forma truculenta, tentar nos impedir de realizar nosso trabalho. Ele danificou o nosso equipamento e chegou a me pegar pelo pescoço. Nunca tivemos problemas de relacionamento com a polícia. Foi lamentável o que ocorreu”, revela.


Na delegacia de Umuarama, nova confusão. A jornalista da TV Caiuá, que não quis se identificar, explicou que estava ali para fazer outra reportagem quando o delegado chegou. A repórter tentou argumentar com o delegado, mas, segundo ela, o mesmo estava alterado e deu voz de prisão para ela e para o repórter cinematográfico. A jornalista disse ainda que o delegado tentou tomar o celular, o que acabou machucando a mão da mesma e que se sentiu humilhada.


O SindijorPR entrará em breve em contato com a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp-PR) e com a Polícia Civil para que este caso seja investigado.

Autor:Flávio Augusto Laginski Fonte:SindijorPR