esqueci minha senha / primeiro acesso

notícias

14/12/2015

Superintendente do Paraná Clube agride jornalista

O SindijorPR repudia a agressão do superintendente de Futebol do Paraná Clube, Durval Lara Ribeiro, a um jornalista no último sábado (12), durante as eleições do Clube Atlético Paranaense. Vavá, como é conhecido no meio esportivo, acertou um soco na barriga do profissional e ainda tomou seu celular após ser fotografado. O repórter, que trabalha para o jornal Gazeta do Povo, ainda foi ameaçado pelo paranista: “Se cuide que você vai levar umas porradas ainda”.

Para o SindijorPR, atitudes violentas como essa, ao mesmo tempo que impedem o direito legítimo de qualquer profissional de trabalhar, atentam contra a liberdade de imprensa. Além disso, é inaceitável que a violência seja praticada por aquele que deveria prezar pela paz no futebol e nos estádios. Como esse diretor vai agir quando uma tragédia acontecer? O SindijorPR vai cobrar a atitude do mandatário junto à diretoria do Paraná Clube.

Por fim, o SindijorPR lamenta a postura da Gazeta do Povo de noticiar a agressão como um fato corriqueiro no meio da imprensa. Clique aqui. Não rechaçar, veementemente, o ataque à liberdade profissional do jornalista e em defesa da liberdade de imprensa é aceitar que agressões sejam encaradas de maneira natural pelas empresas de comunicação e seus profissionais.


Autor:Diretoria SindijorPR