esqueci minha senha / primeiro acesso

notícias

16/06/2014

Após mobilização, mesa de negociação dos jornalistas está marcada para dia 23 de junho

Após mobilização, mesa de negociação dos jornalistas está marcada para dia 23 de junho
Laerte

Os #jornalistasmobilizados provaram que a união destrava negociação! Após pressão dos jornalistas paranaenses, representantes das empresas de comunicação “deixaram” a intransigência de lado e a nova rodada de negociações dos trabalhadores jornalistas do Paraná está marcada para o dia 23 de junho. A informação foi confirmada no fim de semana último, após o Sindijor enviar documento com pedido de reabertura das negociações.


Os trabalhadores se mobilizaram no início de junho em busca da retomada da negociação entre Sindijor e os patrões. Após assembleias gerais pelo estado, a categoria protestou contra a intransigência dos meios de comunicação paranaense (na manhã do dia 03 de junho, jornalistas do Paraná fizeram o dia do preto e roxo, com paralisação de cinco minutos nos locais de trabalho).


Para a direção do Sindijor, o objetivo foi chamar a atenção para a Campanha Salarial que foi travada pelos patrões. A data base da categoria venceu dia 1 de maio. As reuniões no fim de 2013 e durante fevereiro de 2014 definiram uma agenda, que não foi respeitada pelo lado patronal; que fez a absurda proposta de piso diferenciado.


O Sindijor se posicionou obviamente contrario a proposta patronal, mas não fugiu do debate; já os patrões, sim. Os empresários saíram das mesas de negociação e se recusaram a atender itens defendidos pelos próprios trabalhadores, como o aumento real, a segurança no trabalho, a questão do estágio, anuênio e, claro, a manutenção do piso unificado; uma vitória histórica do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná.


Leia as informações da Campanha Salarial dos Jornalistas Paranaenses.

Autor:Regis Luís Cardoso Fonte:SindijorPR