esqueci minha senha / primeiro acesso

notícias

31/03/2004

Jornalistas da Gazeta do Povo solicitam prazo para decidirem-se na questão da exclusividade

A assembléia de funcionários da Gazeta do Povo no Sindijor na semana passada estabeleceu que o sindicato solicitaria à direção da empresa para que fosse prorrogado o prazo para que os jornalistas decidissem o que fariam diante da exigência da exclusividade. A empresa ameaçou de demissão já em abril os jornalistas que não abandonassem atividades paralelas. Os funcionários querem mais prazo para se decidir sobre se abandonam a atividade paralela ou saem da Gazeta. O sindicato também levou ao conhecimento da direção a proposta de serem tolerados free-lances. A empresa ficou da analisar a proposta.
Fonte:SINDIJOR-PR - tele-fax (41) 224-9296