esqueci minha senha / primeiro acesso

notícias

30/03/2004

Diretores do Sindijor defendem diploma e mídia técnica em reunião da Fenaj

A defesa do diploma e da criação do Conselho Federal de Jornalismo e a adoção da mídia técnica para a publicidade governamental foram pontos defendidos pelo presidente do Sindijor, Ricardo de Medeiros, e pelo diretor de Ação para a Cidadania, Aurélio Munhoz, durante a Reunião dos Conselheiros da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), realizada sábado, no Rio de Janeiro. De acordo com Munhoz, o evento deu ocasião para que o Sindijor fique fortalecido ao participar do processo maior de defesa dos interesses da classe. A reunião aprovou o balanço da federação no exercício 2003 e a determinação para que todos os sindicatos enviem à federação os balancetes trimestrais e os balanços anuais, bem como os acordos coletivos já fechados, sob pena de não poder emitir mais carteiras de identidade. O Sindijor já faz o envio dos balanços e convenções normalmente, e está mandando os documentos esta semana. A reunião – que contou com exposição de dirigentes do Sindicato dos Jornalistas da Paraíba sobre o Congresso Nacional que acontece em agosto em João Pessoa - aprovou ainda uma moção para que os sindicatos do Amazonas e Distrito Federal prestem contas, respectivamente, do Congresso Nacional dos Jornalistas de 2001 e da I Conferência Latino-Americana de Mulheres Jornalistas. Outras medidas foram a aprovação do relatório de atividades anuais da federação e do calendário de eleições. Os conselheiros confirmaram ainda que a Fenaj deve melhorar sua comunicação, com a contratação de um assessor de imprensa, e o site deve ser tornado auto-suficiente. A Fenaj recomendou que os sindicatos passem a aderir à Associação Brasileira de Propriedade Intelectual dos Jornalistas (Apijor), entidade que vai defender os profissionais da imprensa do. “É interessante, pois mostra que o jornalista de texto e imagem tem direito na participação da venda de textos e fotos”, comentou Medeiros.

Fonte:SINDIJOR-PR - tele-fax (41) 224-9296